OM MANI PADME HUM – 22/06/2024

Om Mani Padme Hum

INSCRIÇÃO


“Om Mani Padme Hum”
é um dos mantras mais conhecidos e recitados no budismo, especialmente no budismo tibetano. Este mantra está associado ao bodhisattva da compaixão, Avalokiteshvara (em tibetano, Chenrezig). 

Significado e Interpretação

Om: Som sagrado, representa a vibração primordial do universo.
Mani: Significa “joia” ou “jóia” em sânscrito.
Padme: Significa “lótus”.
Hum: Uma sílaba sagrada que representa a indivisibilidade.

Cada sílaba tem um significado específico, representando a purificação de impurezas e a prática de virtudes:

Om: Purifica o orgulho / gera a prática da generosidade.
Ma: Purifica o ciúme / gera a prática da ética.
Ni: Purifica o desejo e apego / gera a prática da paciência.
Pad: Purifica a ignorância e preconceito / gera a prática da diligência.
Me: Purifica a avareza e possessividade / gera a prática da renúncia.
Hum: Purifica a agressão e ódio / gera a prática da sabedoria.

Uso e Prática
Frequentemente, o mantra é inscrito em rodas de oração, bandeiras de oração, pedras e amuletos. Girar uma roda de oração com este mantra inscrito ou visualizar a bandeira de oração tremulando ao vento é visto como uma forma de espalhar bênçãos e benefícios para todos os seres.

“Om Mani Padme Hum” é omnipresente na cultura tibetana, refletindo-se na arte, na arquitetura e nos textos religiosos. Sua presença é tão significativa que os peregrinos frequentemente encontram o mantra gravado em pedras e estelas ao longo das rotas de peregrinação.

“Om Mani Padme Hum” é mais do que apenas uma série de sons; é uma prática profunda que encapsula a essência da compaixão e sabedoria no budismo. Seu uso transcende as fronteiras religiosas e culturais, oferecendo uma ferramenta universal para a meditação, purificação e o desenvolvimento espiritual. Recitar o mantra, independentemente de sua fé ou crenças, pode ser uma prática profundamente transformadora.